terça-feira, 25 de setembro de 2012

Fé e devoção ao Sagrado Coração de Jesus. Por: Augusto Faustino



Uma das maiores devoções difundidas em nosso país é a do Sagrado Coração de Jesus, que foi á principio propagada por Santa Margarida Maria Alacoque, que no século XVII teve uma revelação de Jesus que mostrou o seu dedo apontando o seu próprio coração e dizendo: “Eis o Coração que tem amado tanto aos homens a ponto de nada poupar até esgotar-se e consumir-se para demonstrar-lhes o seu amor. E em reconhecimento não recebo senão ingratidão da maior parte deles”. Santa Margarida conseguiu ver sendo difundida essa santa devoção. Anos depois foi criado o apostolado da oração, levando aos leigos esse desejo de adorar Jesus na Eucaristia com o objetivo de reparar as ofensas dos homens, e encontrar o amor misericordioso de Jesus.
No Sagrado Coração, Jesus vem nos revelar as suas belas promessas de salvação frutos do seu amor, a fim de que o homem retorne a uma relação intima com Deus. Os evangelhos já nos falam sobre essa experiência, quando o próprio Jesus diz: “Vinde a mim todos vos que estais cansados... Porque meu jugo é suave e meu fardo é leve” (Mt 11, 25-30).  Jesus convida aqueles que desejam segui-lo, a deixar os pesos fúteis impostos pela sociedade, que visa apenas às aparências e o esforço humano para garantir as bênçãos de Deus. Ele vem nos mostrar que a relação com Deus não pode ser de troca, ou simplesmente como se Deus só desse valor as pessoas que fazem grandes obras, esses tipos de devoções são vazias e apenas exteriores. O próprio Jesus convida os seus a fazerem uma experiência interior, que é sincera e parte do coração. Por isso, ele mesmo nos mostra o caminho, a sua própria relação de intimidade com o Pai, e diz: “Ninguém conhece o Pai senão o Filho”. A vida do Senhor nos faz compreender a identidade de Deus, ele é o Pai que nos acolhe mesmo quando nos afastamos e ao mesmo tempo revela que somos filhos de Deus, pois Jesus veio resgatar essa imagem que o homem havia perdido com o pecado original, assim somos filhos no Filho.
A intimidade de Jesus nos leva a darmos um passo decisivo para com Deus, buscar vivenciar essa relação amorosa com Deus Pai de tal forma, que se necessário, deixar tudo para o segui-lo. Ele é o mediador eterno, ele nos dá a possibilidade de construir uma nova e eterna aliança (cf. Mt 11,27).
A devoção ao Sagrado Coração nos faz mergulhar no sentido do termo “coração”, na bíblia ele aparece como lugar onde habita os sentimentos íntimos do homem, daí precisamos ser vigilantes a partir de dentro, do coração, pois o próprio Jesus nos fala; “É de dentro do homem que saí às más inclinações” (Mc 7,21) É por isso, que temos que cultivar em nós e no nosso coração a palavra de Deus, a fim de que tenhamos o desejo de fazer a vontade do Senhor, assim como Maria, a Mãe do Senhor que guardava tudo no coração (Lc 2,19). Santa Margarida Maria Alacoque nos diz que; “Todas as mais amargas amarguras não são mais que doçura neste adorável Coração, onde tudo se muda em amor.” Isso porque o próprio Jesus é capaz de transformar aquilo que para nós é impossível realizar.
O verdadeiro devoto do Sagrado Coração de Jesus, vela pela palavra e a põe em prática, coloca o sentido da vida em Deus e caminha na missão com convicção e coragem, assim, quando depositamos toda nossa confiança em Jesus, o nosso coração está em Deus, como está escrito: “Onde está o teu tesouro aí está o teu coração” (Mt 6,21).
O Coração de Jesus nos convida a olhar para o intimo de Deus, para o que é realmente necessário, e não apenas fazer da fé, um fardo ou um peso aos outros e a nós mesmos, pois não conseguimos carregá-lo.  A humildade é a virtude que nos revela a vontade de Deus, só aos pequeninos foram revelados os mistérios de Deus, somente na simplicidade de Criança é que o cristão consegue perceber o reino de Deus acontecendo, reino que se concretizará plenamente na eternidade.  Que o Senhor nos ajude a sermos mais humildes e fieis a seu apelo de conversão.
Jesus manso e humilde de coração: Fazei do nosso coração semelhante ao vosso

Nenhum comentário:

Postar um comentário