sexta-feira, 22 de julho de 2011

Católicos são 155,6 Milhões no Brasil e 1,2 Bilhão no Mundo


"A relação entre a população de Católicos e Evangélicos é de 4,7 para 1"
O Vaticano divulgou recentemente sua estimativa oficial para o número de Católicos do Brasil. Segundo as estatísticas da Santa Sé obtidas pela BBC Brasil, o País tinha em 2005 mais de 155,6 milhões de católicos - o equivalente a 84,5% da população daquele ano. A estimativa contrasta com a do IBGE, que em seu censo de 2000 calculou que 73,8% dos brasileiros - cerca de 125 milhões de pessoas - eram Católicas.
A estatísticas têm mantido o Brasil na condição de maior país católico do mundo e atestam que existem 1,2 bilhão de católicos no planeta.
Pelos dados oficiais do Vaticano - que fazem do Brasil a maior nação Católica do mundo - não houve mudança no percentual de católicos do Brasil, que permaneceu idêntico ao de 2004. Naquele ano, calcula o Vaticano, 84,5% dos 181,6 milhões dos brasileiros eram católicos. O responsável pelo Centro de Estatísticas do Vaticano, Enrico Nenna, afirma que é difícil detectar grandes diferenças de um ano para outro, e isso explica a manutenção do percentual, apesar de a tendência existir quando se analisam números de uma ou duas décadas atrás. "Em 1980, os católicos representavam 90,12% da população brasileira. Hoje, temos 84,5%", disse Nenna.
A disparidade dos dados com os do IBGE se deve ao fato de que o Vaticano faz os cálculos com base no número de batizados, que recebe das dioceses de todo o mundo, junto com outras informações. PORTANTO, MUITO MAIS CONFIÁVEIS DO QUE INSTITUTOS COMO O IBGE OU O DATA FOLHA QUE FAZEM PESQUISAS DO TIPO 'LATO SENSU'.
Os dados fornecem o numero de católicos, bispos, sacerdotes, seminaristas e paróquias nos vários paises, e são divulgados anualmente pelo Escritório de Estatísticas do Vaticano, servindo como fonte para outros institutos de pesquisa, alguns setores da Igreja Catolica, escolas, políticos e meios de comunicação. O responsável pelas estatísticas do Vaticano afirmou que a credibilidade é garantida, e aumenta ano a ano. "Elaboramos as estatísticas desde 1970 e publicamos os dados apenas quando comprovamos que há uma coerência lógica e temporal", garante Enrico Nenna.
Nota do Editor: Por volta de 1990, eu via plásticos nos carros em minha cidade com os dizeres:"Ano 2000, evangélicos, maioria no Brasil". Havia uma crença nacional entre eles de que estavam realmente crescendo em número. Passados tantos anos, nós vemos que o Brasil continua sendo o país de maior população Católica do mundo. Tenho pesquisado, ao longo destes anos que existe uma 'propaganda comum', divulgada pelas mídias evangélica e secular, ou seja, todo ano eles repetem a mesma coisa, 'que são os que mais crescem'. Isso nunca acontece, e eu estou falando de duas décadas. Repito, dados específicos como o da BBC Brasil, por exemplo, são muitíssimo mais confiáveis do que dados de Institutos, como o IBGE, que não recebem as informações diretamente de cada Paróquia. Fazem a pesquisa de modo lato, já que tem muitos outros números para avaliar.
"E JESUS disse-lhes: Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho a toda criatura. Quem crer e for batizado será salvo, mas quem não crer será condenado."[Marcos 16,15s]

Nenhum comentário:

Postar um comentário